sábado, 25 de março de 2017

O primeiro trailer de "Os Dias Eram Assim"


     A Globo publicou ontem, no seu canal oficial do YouTube, o primeiro trailer da supersérie "Os Dias Eram Assim", que estreia no próximo mês. Como já falei aqui no blog, o novo folhetim das onze é a produção do ano que tem despertado mais a minha atenção. E não é só pela presença de Sophie Charlotte - uma das atrizes que mais admiro - no elenco, mas também por sua sinopse.


sexta-feira, 24 de março de 2017

Uma vingança por outra: "Fera Radical" substituirá "Torre de Babel" no Viva!

      Vingança. Um dos principais temas que permeiam a trama de "Torre de Babel" estará presente na próxima novela da faixa das 14:30h, no Viva.

     "Fera Radical", novela de Walther Negrão, exibida originalmente em 1988, no horário das 18h, estará de volta a partir de junho, substituindo o thriller de Sílvio de Abreu.

     A trama que tem como protagonistas Malu Mader e José Mayer, interpretando os personagens Cláudia e Fernando, foi um dos maiores sucessos dos anos 80 e é uma das novelas com mais pedidos de reprise no Viva.

     O autor, Walther Negrão, se inspirou na peça "A Visita da Velha Senhora", de Friederich Dürrenmatt, que também já havia motivado na criação de uma outra novela: "Cavalo de Aço", exibida em 1973, na Globo, às 20h.

     Sempre torci por uma reprise de "Fera Radical" e nem preciso dizer o quanto fiquei feliz com a notícia. A novela faz parte da trinca de ouro do ano de 1988, junto com "Vale Tudo" e "Bebê a Bordo" - novelas de enorme sucesso e repercussão dos demais horários (20h e 19h), apresentadas naquele ano. E além das boas recomendações dos livros e sites sobre a novela, também tive a oportunidade de conhecer um pouco da mesma quando ela foi apresentada de forma compacta em duas ocasiões no quadro "Novelão", do Vídeo Show. E "Fera Radical" é aquele tipo de novela que, quanto mais você pesquisa sobre ela, mais tem vontade de assistir. E graças ao Viva, em junho teremos, finalmente, essa oportunidade.

     Em "Fera Radical", Cláudia chega à Rio Novo com o intuito de vingar o massacre de sua família, mas acaba se apaixonando pelo filho de um dos principais suspeitos pelo crime.


Imagem:Nelson Di Rago/TV Globo


sábado, 18 de março de 2017

[Sinopse] "Os Dias Eram Assim", de Angela Chaves e Alessandra Poggi


O que a História separou, só o amor pode unir de novo.


      A nova novela das onze, ou Supersérie - como a Globo irrefletidamente vem chamando-a -, apresentará uma história de amor que atravessa as décadas de 70 e 80. "Os Dias Eram Assim", escrita por Angela Chaves e Alessandra Poggi tem estreia prevista para abril. Um drama clássico, que se inicia nos tempos de repressão e se passa, em sua maior parte, no período de pré-abertura política, em 1984.

     De todas as produções da emissora em 2017, "Os Dias Eram Assim" é a que mais me chamou atenção. Tanto pelos temas que abordará, quanto por sua história e seu elenco. Uma produção dirigida por Carlos Araújo, a supersérie conta com grandes nomes em seu elenco, sendo protagonizada por Sophie Charlotte e Renato Góes.

      Um dos destaques da trama é a época em que a história se passa. Poucas novelas/minisséries são desenvolvidas no período de 70/80. Estou ansioso por saber como será o tratamento que a direção dedicará ao folhetim. Será que utilizarão músicas da época para a trilha sonora? Veremos os personagens assistindo a novelas, como "Irmãos Coragem" (1970) ou "Corpo a Corpo" (1984)? Esses mesmos personagens fraquentarão as discotecas? Já imaginou se ressuscitassem as cenas do próximo capítulo? E a numeração de cada capítulo? Fica aí o questionamento (risos)! Seria uma bela homenagem às novelas da época...

quinta-feira, 16 de março de 2017

[Lançamento] "Um Menino em um Milhão", por Monica Wood

Um milhão de emoções no comovente livro de Monica Wood!


     Fiquei tão empolgado com o lançamento de "Dois a Dois", do Nicholas Sparks, que até ignorei as demais novidades da editora Arqueiro. E uma delas é o romance de Monica Wood, "Um Menino em um Milhão".

     Quando pesquisei mais informações sobre o livro, fiquei surpreso. Ao ler apenas a sinopse, já concluí que se trata de uma história extremamente emocionante, daquelas que deixam nossos sentimentos abalados após a leitura.

     Não pensei duas vezes em adicioná-lo na minha lista de leituras. Até porque, acredito eu, que nunca tenha lido um romance com uma história parecida com essa. Não quero criar expectativas - detesto fazer isso -, mas não consigo. Algo me diz que estamos diante de uma história, no mínimo, admirável.

quarta-feira, 15 de março de 2017

[Lançamento] "Dois a Dois", por Nicholas Sparks

"Dois a Dois": novo romance de Nicholas Sparks já tem data de lançamento!


      Mestre na arte do amor, Nicholas Sparks terá mais um romance inédito publicado no Brasil: "Dois a Dois". O livro, que está de lançamento marcado para o dia 03, promete emocionar os leitores com a afeição de um pai por sua filha e sua luta para criá-la e protegê-la diante da nova e desconhecida realidade pela qual eles se encontram.

     "Dois a Dois" é um livro muito esperado por mim. Quem segue o blog sabe o quanto admiro as obras do Nicholas Sparks. E esse novo romance é especial pela sensível história prevista. Como sabemos, o foco dos romances de Sparks geralmente se concentram em um casal de apaixonados e nos obstáculos que precisam enfrentar para consumar o seu amor. Mas dessa vez temos como protagonistas um pai, sua filha de 6 anos e um futuro repleto de incertezas. A sinopse de "Dois a Dois" me fez recordar de uma outra história que conheci em 2015: "Perdas e Danos", de Diane Chamberlain. Os dois romances possuem muitas coisas em comum. E, pelo menos para mim, isso é ótimo, pois me proporciona a segurança de que provavelmente apreciarei a história de "Dois a Dois".

     A imagem da capa é muito bonita e casa-se perfeitamente com o título e a sinopse. Só não gostei muito das cores que a editora Arqueiro escolheu para o título e o nome do autor. Verde, azul ou lilás talvez ficariam melhores, não sei. Mas isso é o de menos; o importante é que finalmente, depois de tantos meses de espera, "Dois a Dois" será lançado! Mal posso esperar para embarcar nessa história!

segunda-feira, 13 de março de 2017

Leituras do mês de Fevereiro de 2017


     Fevereiro não foi um mês de muitas leituras, se comparado com janeiro. Li apenas dois livros, mas foram os livros. Um com 656 páginas e o outro com 496. É compreensível que tenha demorado tanto para terminá-los, não é mesmo (risos)?

     "Morte Súbita", de J. K. Rowling - autora da série "Harry Potter", e "A Química", de Stephenie Meyer - autora da série "Crepúsculo", foram os títulos que me acompanharam ao longo do mês nas minhas leituras. Quer saber o que achei de cada um deles? Continue lendo a seguir:

sábado, 11 de março de 2017

[Top 5] Projeto BLC: Autoras Que Admiro!


     O dia 08 de março, em que é celebrado o Dia Internacional da Mulher, é um dos mais importantes do mês. Devido a esse reconhecimento mais que merecido, o projeto BLC (Blogagem Literária Coletiva) propôs aos membros do grupo que fizessem uma postagem sobre nossa autora/personagem preferida. O tema desse mês é "Mulheres Literárias".

     Ao invés de homenagear apenas uma autora, resolvi elaborar um Top 5 com todas aquelas que mais admiro como escritoras. Você pode conferir o resultado na postagem abaixo:

sexta-feira, 10 de março de 2017

[Lançamento] Nova Edição de "Nada é Por Acaso", por Zibia Gasparetto

"Nada é Por Acaso" - mais um clássico de Zibia Gasparetto que ganha uma nova edição.


   Publicado originalmente há mais de dez anos, "Nada é Por Acaso" conta com a abordagem de um tema extremamente polêmico em sua trama central: a barriga da aluguel. Além das reflexões a respeito do tema, o romance de Zibia Gasparetto também nos leva a discutir sobre ganância e sede de poder.

     Assim como vem acontecendo com os demais livros da autora, "Nada é Por Acaso" é relançado com uma nova capa e miolo. Possuo alguns dos livros lançados recentemente pela editora Vida & Consciência e não canso de me surpreender com o excelente cuidado que a equipe responsável tem preparado as novas edições. Além das capas serem mais bonitas que as anteriores, a diagramação é excelente e cheia de detalhes sublimes.

     Li "Nada é Por Acaso" em 2013. Meu interesse pela história foi imediato, pois é um tema muito interessante e que possibilita muitas reflexões. Foi uma experiência extasiante, pois logo no início da história me vi envolvido pelos dilemas dos personagens e ávido por saber os desfechos do livro. Cerca de um ano antes acompanhei uma história um pouco parecida, na exibição de "Barriga de Aluguel" (Globo, 1990/91), de Gloria Perez, em 2011/12 no Canal Viva.

      Desde quando li o romance pela primeira vez, não tive a oportunidade de relê-lo. Mas ainda pretendo relembrar essa história novamente.

quinta-feira, 9 de março de 2017

[Lançamento] Nova Edição de "O Céu Está em Todo Lugar", de Jandy Nelson

     Editora Novo Conceito altera a capa de "O Céu Está em Todo Lugar" em uma nova edição.


     Jandy Nelson é uma autora incrível. Seu estilo narrativo é único e proporciona inúmeras sensações aos seus leitores. No Brasil, a autora tem dois romances publicados: "O Céu Está em Todo Lugar" e "Eu Te Darei o Sol". E o primeiro acaba de ganhar uma segunda edição com uma nova capa.

     Li "O Céu Está em Todo Lugar" no ano passado (você pode conferir a resenha, clicando aqui) e comprovei a genialidade da autora. Aliás, não vejo a hora de ler um novo livro de Jandy Nelson. E não entendo como as produtoras de filmes ainda não se interessaram em adaptar suas obras para o cinema. 

     A nova edição de "O Céu Está em Todo Lugar", que está em fase de pré-lançamento na editora Novo Conceito, ganhou uma nova capa, que possui o mesmo estilo de "Eu Te Darei o Sol". Achei muito bonita, embora a capa da edição anterior também fosse. Mas confesso que gosto mais da atual, pois possui estilo parecido com o do outro livro da autora. Acho a padronização de modelos de capas algo muito positivo, desde que respeite a singularidade de cada livro. Parece algo contraditório, mas não é. Por exemplo: "Eu Te Darei o Sol" evidencia a palavra "sol" representando-a com um desenho; o mesmo acontece com a nova capa de "O Céu Está em Todo Lugar", em que aparecem desenhos de nuvens em torno do título escrito dentro da figura de um coração.

     "O Céu Está em Todo Lugar" é uma empolgante história que fala sobre a perda de um ente querido e a difícil tentativa de superá-la, além das relações familiares, a descoberta de um novo amor e as indecisões em relação ao coração.

domingo, 5 de março de 2017

[Sinopse] "A Força do Querer", de Gloria Perez


      Existe um sentimento comum entre todas as pessoas: o desejo ou o sonho de se alcançar a plenitude em uma determinada área da vida - ou até em mais de uma. E cada pessoa escolhe um meio para alcançá-lo; e é inteiramente responsável pelas consequências dessas escolhas.

     Em "A Força do Querer", a nova novela das nove da Globo, conheceremos personagens que possuem fortes anseios e que optam por diversos caminhos para a busca e a concretização de seus maiores desejos.

     Gloria Perez mais uma vez será responsável por uma história que promete gerar reflexões a respeito dos temas que abordará em sua novela. E agora ela conta com a direção artística de Rogério Gomes. Por esse motivo, estou curioso em descobrir no que resultará essa inédita parceria, já que, para mim, as novelas anteriores da autora, apesar do sucesso e a repercussão, foram prejudicadas por direções de qualidade inferior às histórias que ela contava. Gloria Perez é defensora do uso da chamada "licença poética". Mas para um bom resultado dessa liberdade criativa em uma novela, é necessário uma direção competente e produção requintada, algo que a equipe de Rogério Gomes tem de sobra.

     "A Força do Querer" estreia no dia 03 de abril, substituindo "A Lei do Amor".