domingo, 30 de julho de 2017

[Sinopse] "Tempo de Amar" - Alcides Nogueira


      Será que o amor é capaz de resistir ao tempo e à distância? Dois jovens, unidos por um sentimento genuíno, têm suas vidas separadas pelas adversidades impostas pela vida. Esse será o conflito inicial dos protagonistas de "Tempo de Amar", a próxima novela das seis, que estreará em setembro na Globo, substituindo a novela "Novo Mundo".

     Escrita por Alcides Nogueira, baseada no argumento de Rubem Fonseca, a trama "Tempo de Amar" se desenvolve na década de 20, em Portugal e no Brasil. A direção artística é de responsabilidade de Jayme Monjardim.

      "Tempo de Amar" promete ser uma novela nos moldes tradicionais do horário das seis, com romance e aventura, tramas leves e divertidas. E mais uma vez a emissora aposta em um produto de época, algo que tem sido tendência e que vem resultando em bons índices de audiência, repercussão e apreciações positivas por parte do público e da crítica especializada. Confira a sinopse:

sábado, 29 de julho de 2017

[Resenha] "Dois a Dois" - Nicholas Sparks

"Dois a Dois" realça a grandiosidade das relações familiares, que têm o amor como seu alicerce.


     Assim que soube que o autor Nicholas Sparks estava prestes a publicar "Dois a Dois" nos EUA, fiquei extremamente empolgado e ansioso pelo novo romance. Histórias de pais solteiros que lutam para criar seus filhos sempre despertaram meu interesse, como aconteceu com a leitura de "Perdas e Danos", de Diane Chamberlain, classificado pelo blog como o melhor livro de 2015. Ambos os romances possuem a mesma premissa.

     Unindo um tema que muito me agrada com a escrita de um dos autores que mais admiro, foi inevitável criar expectativas positivas acerca do romance. Então, comecei a prever as inúmeras cenas comoventes que essa combinação resultaria. E, de antemão, já me preparei para as mesmas.

terça-feira, 25 de julho de 2017

[Sinopse] "Filhos da Pátria" - Bruno Mazzeo


     "Filhos da Pátria", a nova série da Rede Globo estreia na plataforma da Globo Play no próximo dia 03/08. Na TV, a série irá ao ar em meados de setembro. Escrita por Bruno Mazzeo e dirigida por Mauricio Farias, a série - ambientada no Brasil de 1822 - narra o cotidiano da família Bulhosa. Com humor e crítica, a série faz uma interpretação de como tudo o que vivemos e passamos nos dias de hoje teve início.

  No elenco, Fernanda Torres, Alexandre Nero, Matheus Nachtergaele, Lara Tremouroux, Johnny Massaro, Marcos Caruso, Jéssica Ellen, Serjão Loroza, Flávio Bauraqui, Leticia Isnard, Karine Teles, Saulo Laranjeira, Adriano Garib e Felipe Rocha.

      Confira a sinopse:

domingo, 18 de junho de 2017

As Reprises do Viva para 2018

      Nem bem nos acostumamos com "Tieta", "Por Amor" e "Fera Radical" e já estamos cientes das próximas reprises do Canal Viva. Antes de darmos início às especulações sobre quais novelas ocupariam o lugar dos atuais sucessos do canal, a colunista do Jornal O Globo, Patrícia Kogut, anunciou em sua coluna, no dia 13, as substitutas: "Explode Coração", "Jogo da Vida" e "Sinhá Moça". 

      "Explode Coração" eu já esperava. Se a previsão de sua reprise valesse um prêmio, certamente eu venceria. E minha aposta em sua reapresentação se baseia em dois motivos: o primeiro é que "Explode Coração" é uma das poucas novelas de sucesso da década de 90 que ainda não foram reprisadas pelo canal. Há quem diga que é mais fácil para o Viva conseguir a liberação das novelas dessa época do que as mais antigas. E o segundo, é que a novela pode pegar carona no sucesso de "A Força do Querer", atual sucesso da Globo, também escrita por Gloria Perez. Embora sejam novelas com temáticas totalmente diferentes, a repercussão do atual folhetim das nove pode atrair o público a acompanhar outro sucesso da autora.

      Fiquei muito surpreso - e a ficha ainda não caiu - com o anúncio de "Jogo da Vida". Nem os mais otimistas acreditariam que um dia a novela de Silvio de Abreu seria reexibida. Lá em 1981, durante sua exibição inédita, a novela foi um enorme sucesso, sendo reapresentada no Vale a Pena Ver de Novo quatro anos depois. Mas, de lá pra cá, pouco se ouviu falar da novela. Dessa forma, nem cheguei a cogitar que um dia ela chegaria no Viva. E devo confessar: fiquei extremamente feliz com a notícia.

     No caso de "Sinhá Moça", eu sempre tive a esperança de que ela fosse reprisada - e torci muito por isso. Mas nunca alimentei possíveis falsas esperanças. Há uma lenda no mundo virtual que diz que toda novela que ganha um remake, consequentemente é apagada e esquecida pela mídia. E, realmente, versões originais, como "Anjo Mau", "Escrava Isaura", "Cabocla", "Ti Ti Ti", "Sinhá Moça", entre outras, poucas vezes eram lembradas nas matérias de televisão. E me sentia bastante insatisfeito com isso, pois sempre foi meu sonho ver  interpretação de Lucélia Santos como Sinhá Moça. Nem preciso dizer o quanto fiquei satisfeito com o anúncio da reapresentação da novela, não é mesmo? Sem dúvidas será a que eu acompanharei com assiduidade.

     Ainda não se sabe o horário em que cada uma das novelas será exibida, mas é certo que duas delas devem estrear em dezembro ("Tieta" e "Por Amor" terminam juntas) e a outra em janeiro (quando "Fera Radical" chega ao fim).

quinta-feira, 15 de junho de 2017

[Projeto BLC] Reações Literárias



     Partindo da ideia de que cada livro nos causa uma reação diferente, cada história proporciona uma nova sensação, o tema do mês de Junho do Projeto BLC - inspirado no mecanismo de reações do Facebook -, tem como objetivo listar sete livros, cada um de acordo com a reação que ele tenha causado. Confira:

segunda-feira, 12 de junho de 2017

[Lançamento] "Meus Dias Com Você", por Clare Swatman

Será que é tarde demais para mudar o destino?


     Dono de uma das melhores sinopses que já tive o prazer de conhecer em todos esses anos, o livro "Meus Dias Com Você", despertou minha atenção assim que avistei sua capa na relação de futuros lançamentos da Editora Arqueiro.

     O romance de estreia da autora Clare Swatman tem surpreendido a crítica. Para The Writing Garnet, por exemplo, é inacreditável que "Meus Dias Com Você" seja apenas o primeiro livro de sua autora, devido ao resultado sublime da obra. Em consonância, o site Chicklit Club declarou como "Uma estreia impressionante".

     Em meio a críticas tão entusiasmadas, somadas com o que vimos até o momento - da belíssima capa até a sinopse promissora -, fica até difícil não criar expectativas com a obra. O lançamento de "Meus Dias Com Você" está marcado para o dia 03 de Julho. Confira as informações e a sinopse:

domingo, 11 de junho de 2017

[Lançamento] "Em Busca de Abrigo", por Jojo Moyes

     O próximo lançamento da editora Intrínseca é uma nova edição de um livro mais que especial da autora Jojo Moyes. O motivo? "Em Busca de Abrigo" foi o livro de estreia da autora, o primeiro de inúmeros outros sucessos.

     "Em Busca de Abrigo" já havia sido lançado no Brasil, pela editora Bertrand Brasil, e até ganhou uma nova edição em 2015.

      Conflitos familiares, segredos do passado, mistério e redescoberta do amor são os principais temas do romance. Confira as informações e a sinopse:

quinta-feira, 1 de junho de 2017

[Sinopse] "Pega Pega", de Claudia Souto


     A próxima novela das sete, que estreia no dia 06 de junho, terça-feira, terá a ética como um dos principais temas. O humor, gênero constante nas produções do horário, também marca presença na trama. "Pega Pega" é a estreia de Claudia Souto como autora titular. Com direção artística de Luiz Henrique Rios, a novela protagonizada por Mateus Solano e Camila Queiroz promete conservar a boa audiência e repercussão do horário.

sábado, 27 de maio de 2017

[Lançamento] "A Grande Ilusão", por Harlan Coben

     Outro grande lançamento da editora Arqueiro marcado para o dia 05 de junho é o novo livro de Harlan Coben: "A Grande Ilusão".

      Coben é um dos autores que mais admiro, por isso sou suspeito para falar sobre qualquer uma de suas obras. Com exceção das séries dos detetives Bolitar, li todos os seus livros lançados no Brasil até hoje. E foram quase inexistentes os desapontamentos que tive com suas histórias.

      Em relação ao novo romance, "A Grande Ilusão", é possível presumir que teremos uma história com elementos já utilizados pelo autor em obras anteriores: protagonista em um mar de incertezas, segredos e mistérios do passado e busca incessante pela verdade. Mas, por experiência própria, tenho certeza de que as semelhanças entre as obras terminam por aí. Em cada livro, Harlan Coben insere um tema diferente, uma nova abordagem, que nos leva a uma diferente reflexão. E, por manter seus leitores sempre interessados em suas histórias, é onde podemos comprovar seu talento ímpar.

Confira as informações básicas e a sinopse de "A Grande Ilusão":

sexta-feira, 26 de maio de 2017

[Lançamento] "Nossa Música", por Dani Atkins

     "Nossa Música": emoções à flor da pele de um drama familiar comovente.


     A editora Arqueiro anunciou nessa semana alguns dos seus próximos lançamentos. Entre eles, o terceiro livro da autora Dani Atkins no Brasil, "Nossa Música", com lançamento marcado para o dia 05 de junho. 

     Após os sucessos "Uma Curva no Tempo" (2015) e "A História de Nós Dois" (2016), a expectativa sobre seu novo livro só aumentou. A excelente experiência com seus romances anteriores faz pensar que, antes mesmo de conhecer a sinopse de "Nossa Música",  já o reverenciamos só de olhar a capa - que, aliás, ficou ótima.

     Dani Atkins, depois de Nicholas Sparks, atualmente, é a autora que mais confio. Não importa o assunto que será abordado em seus livros ou qualquer outro detalhe sobre os mesmos.  É um dos raros casos em que inicio a leitura sem qualquer receio.

     Confira as informações básicas e a sinopse de "Nossa Música":

domingo, 14 de maio de 2017

[Projeto BLC] Dia das Mães Literário

     Neste mês, o tema do Projeto BLC é uma homenagem ao Dia das Mães, uma das datas comemorativas mais importantes, comemorada no segundo domingo do mês.

      E a proposta do tema é destacar uma personagem que possui todas as características e que represente esse papel tão importante na vida dos personagens de determinada obra.

      Quando pensei sobre o que escreveria, fiquei refletindo por horas e horas. O que é surpreendente, pois já li tantas histórias, provavelmente com inúmeras personagens que se encaixavam na descrição... Porém, não conseguia me recordar de nenhuma delas. Alguns dias depois, iniciei a leitura de "O Caminho Para Casa", de Kristin Hannah, publicado pela editora Arqueiro. Há tempos não lia um livro tão envolvente!

     "O Caminho Para Casa", além de todas as melhores impressões que causou, se revelou a resposta para este tema. Embora sejam muitas as abordagens do livro, creio que a melhor que o define é a maternidade. Até então nunca havia lido um romance que evidenciasse tanto o que é ser mãe e a importância que esse papel tem na vida das pessoas, independente de ser biológica ou não. E isso se sobressai em quase todas as personagens da história: como a protagonista Lexi, sua tia-avó Eva (que a acolhe como uma filha), Jude, a mãe de seus dois melhores amigos, e a mãe de Jude.

     A autora Kristin Hannah fala em um vídeo (que você pode assistir abaixo), que "O Caminho Para Casa" é um livro que nos deixa profundamente sensibilizados porque com ele compreendemos as decisões difíceis que as mães tomam de tempos em tempos.


      Assim, deixo registrada a homenagem a essas personagens que citei, à autora Kristin Hannah, e ao livro "O Caminho Para Casa" como um todo. Um livro que será sempre recordado por suas questões em relação à identidade, maternidade e as consequências.


     Feliz dia das Mães!

domingo, 30 de abril de 2017

[Lançamento] "Um Verão Para Recomeçar", por Morgan Matson

A possibilidade de uma família refazer os laços diante de um momento difícil, amizades verdadeiras e a redescoberta de um grande amor são os temas de "Um Verão Para Recomeçar".

     Romance de estreia no Brasil da autora Morgan Matson, "Um Verão Para Recomeçar" promete ser mais um emocionante lançamento da editora Novo Conceito.

     Com uma das capas mais bem produzidas dos últimos tempos, "Um Verão Para Recomeçar" é uma sensível e empolgante história que arrebata os leitores de imediato com sua sinopse.

      No verão, Taylor e sua família decidem viajar para a casa no lado Phoenix após a descoberta da doença de seu pai. Após cinco anos, ao retornar ao local, Taylor se depara com fragmentos de um passado não tão distante e descobre que, apesar das adversidades da vida, sempre é possível ter uma segunda chance. Confira a sinopse de "Um Verão Para Recomeçar":

sábado, 29 de abril de 2017

[Lançamento] "Em Águas Sombrias", por Paula Hawkins

     Cuidado com superfícies muito calmas, nunca se sabe o que pode haver embaixo delas.

     Dia 02 de maio é a data do lançamento de "Em Águas Sombrias". Novo livro da mesma autora de "A Garota no Trem", que terá o desafio de repetir o sucesso do fenômeno que conquistou inúmeros leitores em 2015 e levou muitos espectadores às salas de cinema com a versão cinematográfica, lançada no ano passado.

     A autora Paula Hawkins dessa vez nos narra a história de Jules, uma mulher que, após o suicídio de sua irmã, descobrirá que as histórias do passado, muitas vezes, podem destruir a vida que se leva no presente.

     Não é possível prever se "Em Águas Sombrias" despertará tanto a atenção dos leitores quanto o primeiro livro da autora. Mas uma coisa é certa: o novo livro é tão envolvente quanto o anterior. Li alguns trechos disponíveis no site da editora e gostei de tudo que conferi. "A Garota no Trem" não me agradou tanto quanto eu esperava, mas vou torcer para que "Em Águas Sombrias" supere as expectativas. Confira a sinopse:

sexta-feira, 28 de abril de 2017

[Lançamento] "A Árvore dos Anjos", por Lucinda Riley

"A Árvore dos Anjos": uma comovente história sobre amores e perdas. E, sobretudo, como nossas escolhas de vida podem tanto definir quem somos como proporcionar um novo começo.

     Um dos próximos lançamentos da Editora Arqueiro é o romance "A Árvore dos Anjos", escrito pela autora irlandesa, Lucinda Riley.

     Com lançamento previsto para o dia 08 de maio, o livro narra a intensa e dramática história de Greta, uma mulher que em determinado momento da vida sofreu um grave acidente e perdeu parte das lembranças de seu passado. Agora, ao revisitar o lugar onde viveu há mais de trinta anos, Greta terá a oportunidade de, enfim, recuperar sua memória e, consequentemente, dolorosos segredos bem guardados de seu passado.

     Ainda não tive a oportunidade de ler uma obra de Lucinda Riley, mas confesso que "A Árvore dos Anjos" me deixou bastante animado para, finalmente, comprovar o talento da autora. É uma história forte e possivelmente muito marcante. Além disso, sempre vi comentários muito positivos com relação à escrita e o estilo da autora. Acredito que são motivos suficientes para conferir essa história. Confira as principais informações e sinopse:

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Leituras do mês de Março de 2017


      Em março alcancei o total de três livros lidos. Um livro a mais que em fevereiro. Mas o mais interessante é que, em março, li romances com temas bastante diversificados. E isso é algo muito bom, pois saí da zona de conforto e conheci histórias muito interessantes, que nada tinham a ver uma com a outra. E isso é algo que raramente faço, uma vez que leio histórias com temas bastante parecidos, uma seguida da outra. Abaixo você confere a minha opinião sobre "O Dia da Morte de Denton Little", de Lance Rubin; "O Xará", de Jhumpa Lahiri; e "Tubarão", de Peter Benchley:

quarta-feira, 12 de abril de 2017

[Trilha Sonora] "Missing You" - Diana Ross

     Assim como "Baía da Esperança", o romance "A História de Nós Dois" também comemora um ano de lançamento neste mês. 

     No dia 12 de abril de 2016, o segundo livro de Dani Atkins publicado no Brasil, finalmente chegou às prateleiras gerando muitas expectativas por parte dos leitores, devido ao sucesso do romance anterior, "Uma Curva no Tempo".

     E "A História de Nós Dois" não foi apenas um dos melhores livros de 2016, como também teve uma canção marcante durante sua leitura.  "Missing You", na belíssima voz de Diana Ross, é a responsável por me transportar de volta para a história do livro, acompanhando os principais dilemas que compõem a vida da protagonista Emma. 


      "Missing You" esteve presente na trilha sonora internacional da novela "Corpo a Corpo" (Globo, 1984), na qual embalava o romance entre os personagens Amauri (Stênio Garcia) e a vilã, Lúcia Gouveia (Joana Fomm).

      A princípio, quando comecei a relacionar a música com o livro, achei que não combinavam ou que não fazia sentido a correlação. Porém, quando finalizei a leitura e algumas passagens na história passaram a fazer sentido, constatei que não haveria música melhor para representar o livro, e vice-versa. "A História de Nós Dois" possui uma narrativa muito emocionante e comovente. E a letra de "Missing You" possui as mesmas qualidades, além de uma melodia sensível e graciosa, bem ao estilo do livro.


     


      E você, leitor, que já leu "A História de Nós Dois" e conhece a canção "Missing You": consegue ver semelhanças entre a trama do romance e a letra da música? O que você acha? Comente!

sábado, 8 de abril de 2017

[Trilha Sonora] "Don't Dream It's Over" - Crowded House

     Em 08 de abril, o romance "Baía da Esperança" completa 1 ano de lançamento pela editora Intrínseca. E eu não poderia deixar essa data passar sem recordar esse livro tão especial, que em 2016 foi eleito por mim como um dos melhores livros do ano.

     Jojo Moyes estava em estado de extrema graça quando concebeu a história desse livro. Sério, não consigo mensurar o quanto me envolvi na narrativa, no quanto torci por seus personagens, odiei outros, enfim... Foi uma experiência nova, totalmente inesquecível e surpreendente.

     E a trilha sonora que marcou a leitura do livro foi a canção "Don't Dream It's Over", do grupo de rock Crowded House. A canção fez parte da trilha sonora internacional da novela "O Outro" (Globo, 1987), mas é de "Baía da Esperança" que me recordo quando a ouço, pois foi durante a leitura do livro que conheci a música. Na novela de Aguinaldo Silva, a música era tema do personagem Denizard de Matos (Francisco Cuoco).

     Analisada com um pouco de atenção, a letra de "Don't Dream It's Over" possui algumas semelhanças com o enredo do livro. Por exemplo, na parte em que diz: "There's a battle ahead, many battles are lostBut you'll never see the end of the roadWhile you're traveling with me" (Há uma batalha pela frente, muitas batalhas estão perdidas / Mas você nunca verá o fim da estrada / Enquanto estiver viajando comigo), pode ser representada pela relação entre os personagens Mike e Liza. O envolvimento dos dois é bastante conturbado, mas em determinado momento da história, brota uma intimidade entre os dois, repleta de esperança diante de um futuro incerto e possivelmente repleto de obstáculos a serem superados.

     Outro exemplo é o trecho: "When the world comes inThey come, they comeTo build a wall between usWe know they won't win" (Quando o mundo vem / Eles vem, eles vem / Construir uma parede entre nós /  Nós sabemos que eles não vencerão). Nele, podemos relacionar com a chegada do progresso na pacata cidade litorânea de Silver Bay, na Austrália, onde a história se passa. Grandes empresários pretendem construir um resort de luxo, que pode colocar em risco a fauna do local e que mudará para sempre a vida dos seus moradores, inclusive a de Liza. Eles se mobilizam, mas reconhecem que a ameaça é grande, embora têm a convicção de que podem vencer essa batalha.

     "Don't Dream It's Over" possui uma melodia vibrante, que combina perfeitamente com o clima de "Baía da Esperança". E uma curiosa coincidência: o grupo de rock Crowded House se formou na Austrália, justamente onde a maior parte do enredo acontece. Sem dúvidas, é a trilha sonora perfeita para o romance.

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Próximo livro de Nicholas Sparks terá personagem brasileira, revela o autor

Nicholas Sparks e seu novo romance "Dois a Dois"
(Foto: Reprodução/Editora Arqueiro)
"— Eu não fechei essa história ainda. Tudo o que sei é isso. Será uma garota do Brasil. Estou bastante animado!"

      Foi com a frase citada acima que o autor Nicholas Sparks finalizou a entrevista com o Jornal O Globo (que você pode conferir, na íntegra, clicando aqui), causando surpresa a seus leitores.

     Sim, Sparks já está desenvolvendo um novo livro; e sim, teremos uma personagem brasileira! É muita novidade para um dia só...

     Ainda não sabemos se a personagem será a protagonista, mas ainda assim ficamos satisfeitos com a bela homenagem que o autor faz para seus fãs brasileiros. No seu livro anterior, "No Seu Olhar", a protagonista da história é Maria, filha de imigrantes mexicanos. Agora, no próximo livro, uma brasileira marca presença na galeria de personagens do autor. 

      Nicholas Sparks está no Brasil para a divulgação de seu mais novo romance, "Dois a Dois" (Editora Arqueiro) e narrou ao jornal O Globo as surpresas com o carinho dos fãs brasileiros, a inspiração para o seu livro recém-lançado no país e sua principal motivação para continuar escrevendo. Vale a pena conferir a entrevista!

sábado, 25 de março de 2017

O primeiro trailer de "Os Dias Eram Assim"


     A Globo publicou ontem, no seu canal oficial do YouTube, o primeiro trailer da supersérie "Os Dias Eram Assim", que estreia no próximo mês. Como já falei aqui no blog, o novo folhetim das onze é a produção do ano que tem despertado mais a minha atenção. E não é só pela presença de Sophie Charlotte - uma das atrizes que mais admiro - no elenco, mas também por sua sinopse.


sexta-feira, 24 de março de 2017

Uma vingança por outra: "Fera Radical" substituirá "Torre de Babel" no Viva!

      Vingança. Um dos principais temas que permeiam a trama de "Torre de Babel" estará presente na próxima novela da faixa das 14:30h, no Viva.

     "Fera Radical", novela de Walther Negrão, exibida originalmente em 1988, no horário das 18h, estará de volta a partir de junho, substituindo o thriller de Sílvio de Abreu.

     A trama que tem como protagonistas Malu Mader e José Mayer, interpretando os personagens Cláudia e Fernando, foi um dos maiores sucessos dos anos 80 e é uma das novelas com mais pedidos de reprise no Viva.

     O autor, Walther Negrão, se inspirou na peça "A Visita da Velha Senhora", de Friederich Dürrenmatt, que também já havia motivado na criação de uma outra novela: "Cavalo de Aço", exibida em 1973, na Globo, às 20h.

     Sempre torci por uma reprise de "Fera Radical" e nem preciso dizer o quanto fiquei feliz com a notícia. A novela faz parte da trinca de ouro do ano de 1988, junto com "Vale Tudo" e "Bebê a Bordo" - novelas de enorme sucesso e repercussão dos demais horários (20h e 19h), apresentadas naquele ano. E além das boas recomendações dos livros e sites sobre a novela, também tive a oportunidade de conhecer um pouco da mesma quando ela foi apresentada de forma compacta em duas ocasiões no quadro "Novelão", do Vídeo Show. E "Fera Radical" é aquele tipo de novela que, quanto mais você pesquisa sobre ela, mais tem vontade de assistir. E graças ao Viva, em junho teremos, finalmente, essa oportunidade.

     Em "Fera Radical", Cláudia chega à Rio Novo com o intuito de vingar o massacre de sua família, mas acaba se apaixonando pelo filho de um dos principais suspeitos pelo crime.


Imagem:Nelson Di Rago/TV Globo


sábado, 18 de março de 2017

[Sinopse] "Os Dias Eram Assim", de Angela Chaves e Alessandra Poggi


O que a História separou, só o amor pode unir de novo.


      A nova novela das onze, ou Supersérie - como a Globo irrefletidamente vem chamando-a -, apresentará uma história de amor que atravessa as décadas de 70 e 80. "Os Dias Eram Assim", escrita por Angela Chaves e Alessandra Poggi tem estreia prevista para abril. Um drama clássico, que se inicia nos tempos de repressão e se passa, em sua maior parte, no período de pré-abertura política, em 1984.

     De todas as produções da emissora em 2017, "Os Dias Eram Assim" é a que mais me chamou atenção. Tanto pelos temas que abordará, quanto por sua história e seu elenco. Uma produção dirigida por Carlos Araújo, a supersérie conta com grandes nomes em seu elenco, sendo protagonizada por Sophie Charlotte e Renato Góes.

      Um dos destaques da trama é a época em que a história se passa. Poucas novelas/minisséries são desenvolvidas no período de 70/80. Estou ansioso por saber como será o tratamento que a direção dedicará ao folhetim. Será que utilizarão músicas da época para a trilha sonora? Veremos os personagens assistindo a novelas, como "Irmãos Coragem" (1970) ou "Corpo a Corpo" (1984)? Esses mesmos personagens fraquentarão as discotecas? Já imaginou se ressuscitassem as cenas do próximo capítulo? E a numeração de cada capítulo? Fica aí o questionamento (risos)! Seria uma bela homenagem às novelas da época...

quinta-feira, 16 de março de 2017

[Lançamento] "Um Menino em um Milhão", por Monica Wood

Um milhão de emoções no comovente livro de Monica Wood!


     Fiquei tão empolgado com o lançamento de "Dois a Dois", do Nicholas Sparks, que até ignorei as demais novidades da editora Arqueiro. E uma delas é o romance de Monica Wood, "Um Menino em um Milhão".

     Quando pesquisei mais informações sobre o livro, fiquei surpreso. Ao ler apenas a sinopse, já concluí que se trata de uma história extremamente emocionante, daquelas que deixam nossos sentimentos abalados após a leitura.

     Não pensei duas vezes em adicioná-lo na minha lista de leituras. Até porque, acredito eu, que nunca tenha lido um romance com uma história parecida com essa. Não quero criar expectativas - detesto fazer isso -, mas não consigo. Algo me diz que estamos diante de uma história, no mínimo, admirável.

quarta-feira, 15 de março de 2017

[Lançamento] "Dois a Dois", por Nicholas Sparks

"Dois a Dois": novo romance de Nicholas Sparks já tem data de lançamento!


      Mestre na arte do amor, Nicholas Sparks terá mais um romance inédito publicado no Brasil: "Dois a Dois". O livro, que está de lançamento marcado para o dia 03, promete emocionar os leitores com a afeição de um pai por sua filha e sua luta para criá-la e protegê-la diante da nova e desconhecida realidade pela qual eles se encontram.

     "Dois a Dois" é um livro muito esperado por mim. Quem segue o blog sabe o quanto admiro as obras do Nicholas Sparks. E esse novo romance é especial pela sensível história prevista. Como sabemos, o foco dos romances de Sparks geralmente se concentram em um casal de apaixonados e nos obstáculos que precisam enfrentar para consumar o seu amor. Mas dessa vez temos como protagonistas um pai, sua filha de 6 anos e um futuro repleto de incertezas. A sinopse de "Dois a Dois" me fez recordar de uma outra história que conheci em 2015: "Perdas e Danos", de Diane Chamberlain. Os dois romances possuem muitas coisas em comum. E, pelo menos para mim, isso é ótimo, pois me proporciona a segurança de que provavelmente apreciarei a história de "Dois a Dois".

     A imagem da capa é muito bonita e casa-se perfeitamente com o título e a sinopse. Só não gostei muito das cores que a editora Arqueiro escolheu para o título e o nome do autor. Verde, azul ou lilás talvez ficariam melhores, não sei. Mas isso é o de menos; o importante é que finalmente, depois de tantos meses de espera, "Dois a Dois" será lançado! Mal posso esperar para embarcar nessa história!

segunda-feira, 13 de março de 2017

Leituras do mês de Fevereiro de 2017


     Fevereiro não foi um mês de muitas leituras, se comparado com janeiro. Li apenas dois livros, mas foram os livros. Um com 656 páginas e o outro com 496. É compreensível que tenha demorado tanto para terminá-los, não é mesmo (risos)?

     "Morte Súbita", de J. K. Rowling - autora da série "Harry Potter", e "A Química", de Stephenie Meyer - autora da série "Crepúsculo", foram os títulos que me acompanharam ao longo do mês nas minhas leituras. Quer saber o que achei de cada um deles? Continue lendo a seguir:

sábado, 11 de março de 2017

[Top 5] Projeto BLC: Autoras Que Admiro!


     O dia 08 de março, em que é celebrado o Dia Internacional da Mulher, é um dos mais importantes do mês. Devido a esse reconhecimento mais que merecido, o projeto BLC (Blogagem Literária Coletiva) propôs aos membros do grupo que fizessem uma postagem sobre nossa autora/personagem preferida. O tema desse mês é "Mulheres Literárias".

     Ao invés de homenagear apenas uma autora, resolvi elaborar um Top 5 com todas aquelas que mais admiro como escritoras. Você pode conferir o resultado na postagem abaixo:

sexta-feira, 10 de março de 2017

[Lançamento] Nova Edição de "Nada é Por Acaso", por Zibia Gasparetto

"Nada é Por Acaso" - mais um clássico de Zibia Gasparetto que ganha uma nova edição.


   Publicado originalmente há mais de dez anos, "Nada é Por Acaso" conta com a abordagem de um tema extremamente polêmico em sua trama central: a barriga da aluguel. Além das reflexões a respeito do tema, o romance de Zibia Gasparetto também nos leva a discutir sobre ganância e sede de poder.

     Assim como vem acontecendo com os demais livros da autora, "Nada é Por Acaso" é relançado com uma nova capa e miolo. Possuo alguns dos livros lançados recentemente pela editora Vida & Consciência e não canso de me surpreender com o excelente cuidado que a equipe responsável tem preparado as novas edições. Além das capas serem mais bonitas que as anteriores, a diagramação é excelente e cheia de detalhes sublimes.

     Li "Nada é Por Acaso" em 2013. Meu interesse pela história foi imediato, pois é um tema muito interessante e que possibilita muitas reflexões. Foi uma experiência extasiante, pois logo no início da história me vi envolvido pelos dilemas dos personagens e ávido por saber os desfechos do livro. Cerca de um ano antes acompanhei uma história um pouco parecida, na exibição de "Barriga de Aluguel" (Globo, 1990/91), de Gloria Perez, em 2011/12 no Canal Viva.

      Desde quando li o romance pela primeira vez, não tive a oportunidade de relê-lo. Mas ainda pretendo relembrar essa história novamente.

quinta-feira, 9 de março de 2017

[Lançamento] Nova Edição de "O Céu Está em Todo Lugar", de Jandy Nelson

     Editora Novo Conceito altera a capa de "O Céu Está em Todo Lugar" em uma nova edição.


     Jandy Nelson é uma autora incrível. Seu estilo narrativo é único e proporciona inúmeras sensações aos seus leitores. No Brasil, a autora tem dois romances publicados: "O Céu Está em Todo Lugar" e "Eu Te Darei o Sol". E o primeiro acaba de ganhar uma segunda edição com uma nova capa.

     Li "O Céu Está em Todo Lugar" no ano passado (você pode conferir a resenha, clicando aqui) e comprovei a genialidade da autora. Aliás, não vejo a hora de ler um novo livro de Jandy Nelson. E não entendo como as produtoras de filmes ainda não se interessaram em adaptar suas obras para o cinema. 

     A nova edição de "O Céu Está em Todo Lugar", que está em fase de pré-lançamento na editora Novo Conceito, ganhou uma nova capa, que possui o mesmo estilo de "Eu Te Darei o Sol". Achei muito bonita, embora a capa da edição anterior também fosse. Mas confesso que gosto mais da atual, pois possui estilo parecido com o do outro livro da autora. Acho a padronização de modelos de capas algo muito positivo, desde que respeite a singularidade de cada livro. Parece algo contraditório, mas não é. Por exemplo: "Eu Te Darei o Sol" evidencia a palavra "sol" representando-a com um desenho; o mesmo acontece com a nova capa de "O Céu Está em Todo Lugar", em que aparecem desenhos de nuvens em torno do título escrito dentro da figura de um coração.

     "O Céu Está em Todo Lugar" é uma empolgante história que fala sobre a perda de um ente querido e a difícil tentativa de superá-la, além das relações familiares, a descoberta de um novo amor e as indecisões em relação ao coração.

domingo, 5 de março de 2017

[Sinopse] "A Força do Querer", de Gloria Perez


      Existe um sentimento comum entre todas as pessoas: o desejo ou o sonho de se alcançar a plenitude em uma determinada área da vida - ou até em mais de uma. E cada pessoa escolhe um meio para alcançá-lo; e é inteiramente responsável pelas consequências dessas escolhas.

     Em "A Força do Querer", a nova novela das nove da Globo, conheceremos personagens que possuem fortes anseios e que optam por diversos caminhos para a busca e a concretização de seus maiores desejos.

     Gloria Perez mais uma vez será responsável por uma história que promete gerar reflexões a respeito dos temas que abordará em sua novela. E agora ela conta com a direção artística de Rogério Gomes. Por esse motivo, estou curioso em descobrir no que resultará essa inédita parceria, já que, para mim, as novelas anteriores da autora, apesar do sucesso e a repercussão, foram prejudicadas por direções de qualidade inferior às histórias que ela contava. Gloria Perez é defensora do uso da chamada "licença poética". Mas para um bom resultado dessa liberdade criativa em uma novela, é necessário uma direção competente e produção requintada, algo que a equipe de Rogério Gomes tem de sobra.

     "A Força do Querer" estreia no dia 03 de abril, substituindo "A Lei do Amor".

sábado, 25 de fevereiro de 2017

[Lançamento] "Quando a Bela Domou a Fera", por Eloisa James

     Um dos lançamentos programados para o mês de Março na Editora Arqueiro é o romance "Quando a Bela Domou a Fera". O livro de Eloisa James é inspirado no conto de fadas clássico, "A Bela e a Fera", que está em evidência na mídia graças ao lançamento da nova versão da história, produzida pela Walt Disney Pictures e protagonizada pela atriz Emma Watson.

      Após a agradável leitura de "Enquanto Bela Dormia", da autora Elizabeth Blackwell, lançado também pela Arqueiro no ano passado, fiquei bastante animado em conferir "Quando a Bela Domou a Fera". A história é apenas inspirada no conto de fadas e, pelo que li até agora sobre o livro, não tem muito a ver com a história que já conhecemos, além da referência à história central do clássico. Mas acredito muito no potencial dessas releituras e tenho certeza que grandes histórias são capazes de se reinventarem, proporcionando novas experiências, conquistando os fãs e novos leitores.

     E mais: a editora também pretende lançar mais dois livros da autora com o mesmo tema: "A Duquesa Feia" e "Um Beijo à Meia-Noite".

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Vale a Pena Ver de Novo no Viva: "Por Amor"!

No Canal Viva, a trama do rapaz que luta para provar a inocência de seu pai será substituída pela história de uma mãe que abre mão da própria felicidade por amor à sua filha.    

     Um dos melhores trabalhos do autor Manoel Carlos, "Por Amor" é uma das próximas reprises do Viva, que terá a missão de substituir "Pai Herói", o clássico de Janete Clair, na faixa de 23h30.

     "Por Amor" foi uma das primeiras novelas a estrearem no Viva, junto com "Quatro Por Quatro" (1994) e "Vale Tudo" (1988), em 2010. Sim, esta será a segunda vez que a trama protagonizada por Regina Duarte será reapresentada no canal. A notícia, divulgada pelo próprio Viva recentemente, pegou a todos os seus espectadores de surpresa, positiva e negativamente. Para muitos, era certeza de que "Pátria Minha" (1994), de Gilberto Braga, seria a escolhida para substituir "Pai Herói", como foi noticiado por alguns sites ultimamente.

     Muitos torceram o nariz pelo fato de "Por Amor" já ter sido exibida no Viva. Concordo, mas devemos levar em conta que em 2010, quando o canal estreou, poucas pessoas possuíam TV por assinatura em suas residências. Portanto, boa parte do público de hoje não teve o privilégio de conferir a reprise. Mas devemos estar atentos para que o fato não vire hábito - pelo menos não por enquanto - , pois há muitas produções do gênero que ainda não tiveram oportunidade de serem reapresentadas por lá. Então Viva,  por ora, está perdoado (risos)!

     Mas de uma forma geral eu fiquei satisfeito com a notícia. "Por Amor" foi uma das primeiras novelas que assisti na vida e que pude rever, anos depois, no Vale a Pena Ver de Novo. Será interessante revê-la, e tenho certeza de que fará um enorme sucesso. Porém, confesso que, se pudesse escolher, daria uma chance para "Pátria Minha". Tenho muita curiosidade em conhecer a história polêmica de Gilberto Braga. Mas acho que algum dia talvez ela apareça pelo Viva. É só questão de tempo.

     "Por Amor" retorna em maio, assim como "Tieta", que entra no lugar de "A Gata Comeu". Já a substituta de "Torre de Babel", ainda é mistério. Há uma forte suspeita sobre "Fera Radical" (1988) e eu torço por isso. Mas, pelos acontecimentos recentes, é altamente recomendável não criar expectativas (risos).

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Sai a Gata, entra a Cabrita: "Tieta" será reprisada no Viva

      Em maio, a filha pródiga está de volta! "Tieta", uma das novelas de maior sucesso e repercussão da TV brasileira será reexibida a partir do mês de maio, no Canal Viva, substituindo "A Gata Comeu", às 15h30.

     Baseada no livro de Jorge Amado, "Tieta do Agreste", a novela foi escrita por Aguinaldo Silva, Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares. A direção geral é do saudoso Paulo Ubiratan.

     "Tieta" era uma das novelas mais pedidas pelos internautas nos perfis do Viva nas redes sociais. E foi com grande celebração que os fãs receberam o anúncio da reprise. A única parte ruim é que "A Gata Comeu" está terminando e vai deixar muita saudade. 

     Assisti "Tieta" em DVD e gostei bastante. Betty Faria está maravilhosa no papel da personagem-título. Outro grande destaque é a vilã Perpétua (Joana Fomm), responsável pelos momentos cômicos da novela. Não sou de gostar dos vilões, mas Perpétua é uma das minhas malvadas favoritas.

Além de infernizar a vida da irmã, Perpétua escondia um segredo em sua inseparável caixa branca (Foto: Bazilio Calazans/TV Globo)

domingo, 12 de fevereiro de 2017

[Lançamento] Nova edição de "Ninguém é de Ninguém", por Zibia Gasparetto

      Publicado pela primeira vez há quase duas décadas, o romance "Ninguém é de Ninguém", de Zibia Gasparetto e ditado por Lucius, ganha uma nova edição pela Vida & Consciência. Aliás, a editora, desde 2013 com "Esmeralda", vem relançando grandes sucessos da autora com nova capa e miolo. A prática, além de causar euforia nos fãs, também contribui para a conquista de novos leitores.

     Fiquei contente com a nova edição de "Ninguém é de Ninguém", pois considero-o um dos melhores e mais surpreendentes livros da autora. Inclusive, o romance merecia a nova edição há tempos.

     A nova edição me deixou tão empolgado que despertou a vontade de lê-lo novamente. Já se completaram pouco mais de cinco anos desde que o li pela primeira vez e desde então, curiosamente, não optei por uma nova leitura, como aconteceu com "Esmeralda", do qual eu, até agora, já li três vezes. Acho que já está mais do que na hora de inaugurar a sessão Vale a Pena Ler de Novo e reviver todas as emoções do romance.

     "Ninguém é de Ninguém" tem uma história forte, cujo tema principal é o ciúme. Através dele somos convidados a refletir sobre o verdadeiro significado do amor e a importância de possuir o equilíbrio necessário a fim de tornar as nossas relações cada vez mais harmoniosas.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

[Trilha Sonora] "Dia, Lugar e Hora" - Luan Santana

     Uma das minhas leituras mais recentes, o livro "O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida" superou as minhas expectativas, marcando positivamente. Kate Eberlen comprovou muito talento e criatividade numa história empolgante e arrebatadora. E minha experiência com o livro foi tão gratificante, que ele até ganhou uma "Trilha Sonora".

     "O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida" narra a trajetória de Tess e Gus, dois jovens que se encontram, por acaso (ou não), durante uma viagem à Itália. Tess pede que Gus fotografe ela e sua amiga e o encontro não passa disso. Ao longo da narrativa, quando cada um segue com sua vida, alguns "quase encontros" e desencontros acontecem entre os dois. E durante a leitura, o leitor se pergunta: "Será que os dois de fato se reencontrarão?". Tess e Gus foram feitos um para o outro e estão destinados a ficarem juntos. E a expectativa para que isso finalmente aconteça é o que motiva os leitores a prosseguir com a leitura.

     Mas o livro de Kate Eberlen não fica só nessa expectativa. Tanto a vida de Tess, quanto a de Gus - narradas em capítulos alternados, e em primeira pessoa -, evidenciam a grandiosidade da vida. Cada um deles segue em frente, com seus obstáculos a serem superados, suas dificuldades nas relações familiares, suas decisões perante seus sonhos, suas paixões e todo o resto. E o maior aprendizado que tive com a leitura foi reconhecer que aquilo que mais esperamos da vida tem momento certo para acontecer.

     E de forma curiosa, foi exatamente no final do livro, quando cheguei a essa conclusão, que ouvi pela primeira vez a canção "Dia, Lugar e Hora", que faz parte do álbum "1977", do cantor Luan Santana, lançado no ano passado. Fazendo uma correlação do livro com a música, percebemos que existem muitas coisas em comum entre os dois - tanto que, quando ouço a música lembro logo do livro. A canção também defende o pensamento de que, quando as coisas devem acontecer, quando chega a hora, não existe nada que possa impedir. Até mesmo os acontecimentos desastrosos, que nos deixam irritados, podem ser favoráveis para que algo de maravilhoso possa sobrevir.

      Interessante como dois meios tão diferentes - a música e o livro - podem contar uma mesma história sob uma outra visão, não é mesmo? Se você ainda não leu "O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida", não deixe de fazê-lo. E se quiser ouvir a música, é só assistir ao clipe oficial do cantor, que deixo aqui no final da postagem:



     E até a próxima!

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

[Sinopse] "Novo Mundo", de Thereza Falcão e Alessandro Marson


     A nova produção do horário das seis da Rede Globo é responsabilidade de dois autores estreantes: Thereza Falcão e Alessandro Marson. Ambos foram colaboradores de João Emanuel Carneiro e da dupla Duca Rachid e Thelma Guedes, e agora terão a oportunidade de evidenciar seus talentos como autores titulares de "Novo Mundo".

     O Brasil de 1817 é o cenário da nova novela das seis. Com direção artística de Vinicius Coimbra, que dirigiu a novela "Liberdade, Liberdade" no ano passado, podemos esperar uma superprodução de qualidade esmerada. Aliás, Coimbra está se especializando em dirigir tramas de época. Além da novela das 23h, ele também dirigiu "Lado a Lado" (2012) e a minissérie "Ligações Perigosas" (2016). É praticamente um Herval Rossano da atualidade!

     "Novo Mundo" narrará a história de amor entre o jovem casal Joaquim Martinho e Anna Millman, interpretados por Chay Suede e Isabelle Drummond, que se conhecem durante a comitiva da Imperatriz Leopoldina (Letícia Colin). Saiba mais sobre essa históia:

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Projeto BLC: Carnaval dos Livros


     Mês de fevereiro é época de Carnaval. Uma festa que boa parte dos brasileiros apreciam. Há quem diga que o ano só começa depois do Carnaval... E para celebrar essa data, o Projeto BLC criou uma tag divertidíssima para os blogueiros: "Carnaval dos Livros". Além de entrar no clima da folia, também somos convidados a inserir personagens dos livros nesse bloco que só pode resultar em diversão. Confira:

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

[Lançamento] Nova edição de "Diário de Uma Paixão", por Nicholas Sparks

     Esse mês, no dia 08, a editora Arqueiro lança mais uma nova edição de um romance do autor Nicholas Sparks. E dessa vez, trata-se do primeiro livro escrito pelo autor: "Diário de Uma Paixão".

     O livro narra a emocionante história de amor do casal Noah e Allie que, separados no passado por uma série de obstáculos e mal-entendidos, se reencontram anos depois para, finalmente, viverem o amor que um sente pelo outro.

     Em 2004, o romance ganhou uma versão cinematográfica, estrelada pelos atores Ryan Gosling e Rachel McAdams.

     A primeira edição do livro "Diário de Uma Paixão" foi publicada no Brasil pela editora Novo Conceito. A primeira vez que o li, não consegui gostar dele como a maioria dos leitores. Na segunda leitura, percebi a grandiosidade da sua linda história, mas ainda assim considero menos empolgante, se comparado com outros títulos do autor.


segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Leituras do mês de Janeiro de 2017


     Retorno ao trabalho e falta de tempo (e um pouquinho de bloqueio na criatividade) foram os principais responsáveis pela pouca produtividade de resenhas no blog. Pensando nisso, e sem querer deixar de comentar os títulos, resolvi fazer uma postagem falando um pouco sobre cada livro que li no primeiro mês de 2017, que você pode conferir a seguir:

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

[Top 5] As Melhores Animações dos Estúdios Pixar


     Em 03 de fevereiro, o Estúdio de Animação da Pixar completa 31 anos de fundação. Criada por Steve Jobs, em seus primeiros anos a Pixar produziu alguns curta-metragens e comerciais, que renderam alguns prêmios. Em 1991, juntou-se à Disney com o acordo de produzir e distribuir pelo menos um filme de animação gerada por computador. E a parceria deu tão certo que logo vieram muitos outros filmes. No 20º aniversário, a Pixar foi comprada pela Walt Disney e até hoje são produzidos curtas e longas com a mesma qualidade e originalidade - características peculiares da empresa.

     Não me recordo do primeiro filme produzido pela Pixar que assisti, mas atualmente é o meu estúdio preferido do gênero. Celebrando a data de mais um aniversário da Pixar, listei os cinco melhores filmes produzidos por ela nesses anos. Confira na postagem e em seguida comente: Quais são os seus filmes preferidos da Pixar?

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

[Trilha Sonora] "You Can Rely On Me" - Jason Mraz

     Hoje, dia 1º de fevereiro é dia de celebrar o lançamento de um dos melhores livros que já conheci... Há exatamente 1 ano a editora Arqueiro publicava "A Garota Sem Passado", um suspense policial emocionante e surpreendente!

     Escrito pelo romancista e contista Michel Kardos, o romance apresentou uma história totalmente imprevisível e diferente de tudo que esperamos do gênero. Segundo o site oficial do autor, Kardos atualmente está trabalhando em um novo romance (publica, Arqueiro!!).

Trilha Sonora Internacional de
 "Totalmente Demais"
      Quando comecei a ler "A Garota Sem Passado", a gravadora Som Livre havia acabado de lançar a trilha sonora internacional da novela "Totalmente Demais". E apesar de detestar a novela, o meu apreço pelas músicas foi maior e resolvi conferir algumas faixas da trilha. O álbum era bacana, possuía algumas músicas que já conhecia, como por exemplo, a canção "Dreams" - Stylez Major Feat. Tony Sway - , que marcou a leitura de "Segredos e Mentiras" em janeiro do mesmo ano. E a grata surpresa da presença da belíssima canção "One", de Ed Sheeran.

     Mas entre essas, há uma canção que, toda vez que ouço, me faz lembrar da trama de "A Garota Sem Passado": trata-se de "You Can Rely On Me", de Jason Mraz. No geral, ela não combina muito com a história da protagonista Melanie, a letra está relacionada mais com uma relação de amor entre duas pessoas do que na busca da verdade sobre um passado nebuloso. Porém, há alguns trechos que condizem exatamente com as circunstâncias pelas quais Melanie se encontra.

     Ao descobrir que está grávida, Melanie chega à conclusão de que não quer que seu filho tenha a mesma vida que ela, sempre se escondendo e abrindo mão de certos prazeres da vida, como: ter amigos, ir a festas, usar a internet, etc. Melanie vive uma vida clandestina desde que seu pai, Ramsey Miller, assassinou sua mãe e quase a matou, quando tinha apenas 3 anos. Agora, Melanie, ou melhor, Meg, com o apoio de seu namorado, Phillip Connor, está disposta e dar um fim nessa história indo atrás de seu pai, antes que ele a encontre.
  Sabe que pode confiar em mim, não sabe? - disse Phillip.
     E é exatamente sobre esses aspectos da vida da personagem que alguns trechos de "You Can Rely On Me" se relacionam. As oscilações da vida, a forma como às vezes não conseguimos controlá-la e as difíceis decisões que somos obrigados a tomar sem pensar direito nas consequências diante de um futuro incerto são algumas das reflexões que podemos observar, tanto na música, quanto no livro. 

There's so much you wanna try 
That you haven't tried yet 
Hmm, I got your back through all of it (yes, I do)

     

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

"El Bienamado": a versão mexicana da obra de Dias Gomes


     A emissora mexicana Las Estrellas, do Grupo Televisa, apresenta sua nova novela: "El Bienamado", uma produção de Nicandro Díaz González, baseada na peça teatral brasileira "Odorico, o Bem-Amado e os Mistérios do Amor e da Morte" (1962), de Dias Gomes, que deu origem à novela "O Bem-Amado!!", produzida em 1973 pela Rede Globo.

     Nicandro Díaz González foi responsável por grandes sucessos no México, alguns deles sendo exibidos no Brasil, pelo SBT, como "Soy Tu Dueña" (2010) - "A Dona", exibida entre 2015 e 2016 pela emissora. E ao que tudo indica, "El Bienamado" promete entrar para a lista de suas produções bem sucedidas. Com o trailer e as imagens divulgadas pela emissora nas redes sociais é possível notar que se trata de uma produção esmerada, com elenco acertado e direção notável.

      O ator Jesús Ochoa dá vida ao protagonista Odorico Cienfuegos. Na versão brasileira, Odorico Paraguaçu foi interpretado pelo saudoso Paulo Gracindo. Já as irmãs Cajazeira, agora são chamadas irmãs Samperio, interpretadas pelas atrizes  Chantal Andere, Nora Salinas e Irán Castillo.

     "El Bienamado" estreia no México no dia 23 de janeiro. E já estou na torcida pelo sucesso da trama; e que o SBT se anime, exibindo-a futuramente em suas tardes. Será uma experiência interessante conferir a adaptação de uma história brasileira feita em outro país. Ainda mais se tratando de uma cultura tão rica e bela como a do México.


Sinopse


     Odorico Cienfuegos (Jesús Ochoa), é um político que ganha as eleições para a prefeitura de um pequeno município chamado Loreto, sob a promessa de construir um novo cemitério. Para obter essa posição, conta com a ajuda de três irmãs solteiras: Justina (Chantal Andere), Dulcina (Nora Salinas), Santina (Irán Castillo), com quem mantém uma aventura amorosa, sem que elas saibam entre elas.

     Mas apesar deste conflito, o grande problema de Odorico é sua filha Valeria (Mariluz Bermúdez), que retorna à cidade e se apaixona loucamente por Leon (Mark Tacher), o médico da região que é inimigo número um do político. Odorico, obcecado com o famoso cemitério, precisa rapidamente de alguém para morrer, no entanto, ironicamente nenhum caso de morte foi registrado nos últimos tempos, fazendo com que Odorico coloque em pratica algumas artimanhas que darão um resultado inesperado para a história.