quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

[Top 5] Os Melhores Livros de 2015



     E o Top 5 dessa vez é com os melhores livros de 2015. Não foi fácil fazer essa seleção, afinal, li excelentes obras no ano passado, mas, ainda assim, consegui destacar os cinco que eu mais gostei. E dos romances escolhidos posso dizer que todos me deixaram muito satisfeito. Pude perceber que cada um deles têm seu próprio estilo e não são nem um pouco parecidos um com os outros. E isso é muito bacana!

     Independente da colocação de cada um deles, todos pra mim foram excelentes. Não consegui classificá-los com menos de cinco estrelas, pois cada história que li foi uma experiência única, que emocionou de diversas formas. Por isso não poderia deixar de comentar e destacar o que achei de cada um deles. Confira:



5º - "Três Semanas Com Meu Irmão", por Nicholas Sparks.


     "Três Semanas Com Meu Irmão" foi uma experiência muito marcante. Pude conhecer a vida de Nicholas Sparks, meu autor predileto. Li todos os seus livros e o estimo muito por sua forma de contar histórias e emocionar seus leitores. E com essa biografia, passei a admirá-lo ainda mais. Foi indescritível acompanhar toda sua trajetória desde a infância até seus primeiros passos numa carreira promissora, passando por muitas dificuldades, perdas; mas também alegrias e conquistas, que tanto influenciaram nas suas obras. 


4º - "Que Falta Você me Faz", por Harlan Coben.

      Harlan Coben é outro autor de quem eu sou fã. Mesmo quando, raramente, alguma história não me empolgue tanto (como "Não Conte a Ninguém"), ele sempre me surpreende com enredos audaciosos e marcantes. E apesar de "Que Falta Você me Faz" não ter me atraído tanto no início, aos poucos me envolvi na intricada investigação da detetive Kat Donovan a ponto de não querer parar de ler até chegar ao final e ver todos os mistérios revelados. Além disso, o livro tratou de temas bastante atuais, sendo abordados de forma bastante sensível e profunda. Não vejo a hora de ler outro livro do autor!


3º - "Uma Curva no Tempo", por Dani Atkins.


      "Uma Curva no Tempo" foi a grande surpresa do ano. Quem diria que esse livro aparentemente despretensioso me deixaria tão estupefato? Lembro que na época em que estava lendo-o, quase não conseguia largar por nem um minuto! E quando conseguia, não parava de pensar na história de Rachel. Minha mente trabalhava incansavelmente tentando encontrar uma explicação para os dilemas que a protagonista estava vivendo. Comovente do início ao fim, o romance de Dani Atkins nos incita a refletir sobre a vida, nossas escolhas e a influência implacável do tempo.


2º - "Eu Te Darei o Sol", por Jandy Nelson.


      Ah, "Eu Te Darei o Sol"... O que dizer desse livro, não é mesmo? E pensar que eu quase não o li! Sim, porque a principal motivação que me fez embarcar nessa história foi os inúmeros elogios  e boas recomendações que ouvi sobre ele, além da capa e o título pouco comuns. A sinopse apresentada pela editora não é aquela que "fisga" o leitor e o induz a adquirir o livro ou, pelo menos, sentir curiosidade em lê-lo. Por pouco eu ficaria sem conhecer a incrível história do romance de Jandy Nelson. Confesso que achei que não fosse gostar do livro, sua narrativa - no começo - me pareceu confusa, mas conforme avancei na leitura, fui me familiarizando com os protagonistas Noah e Jude e com o estilo da autora. Resultado: gostei mais do que podia imaginar. Acho que vai levar muito tempo até que eu leia outro livro tão autêntico quanto esse.


1º - "Perdas e Danos", por Diane Chamberlain.


      Quem acompanha o blog não ficou surpreso com o primeiro colocado. "Perdas e Danos" foi indicado por mim como o Melhor Livro no Melhores do Ano daqui. Ele tem todos os ingredientes que aprecio num romance: trama envolvente, personagens bem desenvolvidos e cativantes e muitas surpresas. Foi a minha primeira experiência com um livro da autora Diane Chamberlain e a forma de como ela apresentou as tramas e os personagens me cativou, devido sua extrema criatividade e sensibilidade. Dessa forma, "Perdas e Danos" entrou pra minha lista de livros preferidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário