terça-feira, 29 de setembro de 2015

[Resenha] "Esmeralda", por Zibia Gasparetto



      Muitos são os obstáculos que uma grande história de amor pode enfrentar. Às vezes, a força do amor entre um casal não é o bastante para que eles possam se unir. Em "Esmeralda", romance de Zibia Gasparetto, a principal barreira que separa os protagonistas Esmeralda e Carlos são as diferenças sociais e os costumes da sociedade no século XIX.

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Quem vai escrever a próxima novela das nove?


     Desde quando a Globo resolveu adiar, por questões estratégicas, a novela de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari - que substituiria "A Regra do Jogo" no horário -, uma dúvida consome os telespectadores: Quem vai escrever a próxima novela das nove?

     Silvio de Abreu, que é diretor de teledramaturgia da Globo, está avaliando as possíveis substitutas e, segundo informações de alguns sites, está dividido entre "Velho Chico", de Benedito Ruy Barbosa e a próxima novela de Glória Perez. Ambas já possuem produção em andamento, mas a possibilidade da novela de Benedito ir ao ar é ainda maior, pois já tem 18 capítulos prontos.

      Entre as opções, do meu ponto de vista, a escolha mais acertada seria a trama de Benedito Ruy Barbosa. Não só pelo fato de estar mais adiantada, mas também por sua temática. Há muito tempo que a Globo não brinda o público com uma novela rural no horário das nove. E o horário precisa sair do comodismo de novelas urbanas; dar um novo ar para a faixa, que vem preocupando a emissora com os baixos índices de audiência.

      Outro fator positivo à escolha é o sucesso recente da reprise de "O Rei do Gado" no Vale a Pena Ver de Novo. Para os dias de hoje, o sucesso e a repercussão da novela de 1996 - já reprisada em duas outras ocasiões -, é de admirar!

     Por isso, registro aqui minha torcida por "Velho Chico". Mesmo que não faça sucesso, já terá valido a pena sua exibição pelo fato de trazer um tema diferente para o horário nobre. Além disso, a trama contará com a direção de Luiz Fernando Carvalho, que retoma a parceria com Benedito. Os dois fizeram bonito em produções, como as novelas "Renascer" (1993), "O Rei do Gado" (1996) e "Meu Pedacinho de Chão" (2014).

      A decisão sobre a escolhida está prevista para esta semana.  

sábado, 26 de setembro de 2015

Audaciosa, "Verdades Secretas" chega ao fim com grande êxito


      Antes de "Verdades Secretas" começar eu estava bastante curioso para conferir quatro coisas: Drica Moraes como Carolina, após ela substituir Deborah Secco; o retorno de Marieta Severo às novelas depois de séculos interpretando a Dona Nenê em "A Grande Família"; Grazi Massafera em um papel diferente de tudo que ela já fez; e a estreia de Camila Queiroz.

      E a novela de Walcyr Carrasco, que terminou nesta sexta, 25, foi muito além e me surpreendeu positivamente. Além das atrizes citadas, quase todo o elenco se destacou na novela das onze. Foi um perfeito entrosamento entre direção, texto e elenco. Uma pena que não tenham lançado o CD da novela; a trilha sonora também foi um dos pontos positivos da trama.

     "Verdades Secretas" foi uma novela audaciosa. Abordou temas polêmicos, com histórias fortes e personagens bem desenvolvidos. Atuações marcantes e ganchos de tirar o fôlego contribuíram para o grande êxito da novela, que é considerada a melhor de 2015. E falando nisso, fiquei muito surpreso com o sucesso e a repercussão da novela! Na última semana, em qualquer rede social o assunto principal era o mesmo: "Verdades Secretas"! Pessoas que eu jurava que não assistiam a novela me surpreenderam ao compartilhar sua ansiedade diante da reta final. Não esperava! Algo parecido só aconteceu há três anos atrás, com o final de "Avenida Brasil". Porém, no caso de "Verdades Secretas" é ainda mais surpreendente por se tratar de um produto que é exibido em um horário que costumava ter pouca visibilidade.

    Embora eu tenha apreciado bastante a novela, ela não entra pra minha lista de preferidas. Mas torço para que ela tenha suas qualidades reconhecidas e conquiste todos os prêmios possíveis. A equipe merece!


domingo, 20 de setembro de 2015

[Trilha Sonora] "Pra Você" - Paula Fernandes

     Outra canção interpretada por Paula Fernandes que marcou a leitura do romance "Esmeralda", de Zibia Gasparetto, foi "Pra Você".

     Assim como "Pássaro de Fogo", a música composta por Paula Fernandes e Zezé di Camargo também combina muito com a trajetória da personagem-título.

     Quem já leu "Esmeralda" sabe o quanto a cigana se entrega de corpo e alma ao amor pelo fidalgo Carlos. O casal não consegue viver longe um do outro, apesar de todas as diferenças que os separam.

     Assim como a letra da música, Esmeralda quer ser tudo para Carlos: tudo que possa desafiar as leis da natureza; se entregar por inteira. Além disso, elementos da natureza, a música e a dança, tão bem relatados no livro e comuns nos costumes ciganos são descritos também na música. Talvez por essas coincidências essa canção também tenha marcado tanto o romance.


quinta-feira, 17 de setembro de 2015

[Trilha Sonora] "Sinônimos" - Zé Ramalho

     Uma das melhores novelas da atualidade (junto com "Verdades Secretas"), "Além do Tempo" é daquelas que por mais que se elogie, não se consegue expressar as inúmeras qualidades desse irresistível folhetim das seis.

     A trama de "Além do Tempo" é uma das mais belas que já vi. Elizabeth Jhin estava muito inspirada quando desenvolveu essa belíssima história, que somada com a direção sempre impecável de Rogério Gomes, se resulta em uma das melhores produções da Globo. Com características de uma novela tradicional, "Além do Tempo" expõe o sentimento que é a base de tudo, e que mais mexe com as pessoas: o amor. 

     Ah, o amor... Esse sentimento grandioso, que com toda sua imponência não se limita a nenhuma barreira. Às vezes, duas almas podem não ceder ao amor por diversas questões, mas o sentimento permanece dentro delas, incólume, esperando o tempo certo para se manifestar.


      E é que vem acontecendo com o casal principal de "Além do Tempo": Felipe (Rafael Cardoso) e Lívia (Alinne Moraes). Um amor aparentemente impossível que, para acontecer, precisará enfrentar muitas barreiras. Eles se amam intensamente, mas Felipe está comprometido com a vilã Melissa (Paolla Oliveira), cujo noivado é influenciado pela prepotente Condessa Vitória (Irene Ravache). E Lívia, além de descobrir que é neta da Condessa, sofre com as investidas de Pedro (Emílio Dantas), que não perde a esperança de conquistá-la.

      Toda boa história de amor precisa de uma trilha sonora. E a trama de Felipe e Lívia é embalada por "Sinônimos", interpretada por Zé Ramalho. A belíssima canção casou-se perfeitamente com o drama dos personagens. E isso ocorreu de tal forma, que pra mim é impossível ouvir a música e não se lembrar deles. É aí que entendemos a importância de uma boa trilha sonora.

     PS: Com o sucesso da música como tema dos protagonistas, a Globo preparou um clipe exclusivo para o site da novela com cenas dos personagens ao som da música. Você pode assistir clicando aqui.

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

[Sinopse] "Você Está Sendo Vigiado", por Gregg Hurwitz

     Num jogo de vida ou morte, a saída é usar as mesmas armas que seus inimigos      

      Independente de sua dimensão, os sonhos movem as pessoas. Movidos por nossos talentos e anseios, todos nós traçamos um objetivo na vida e só nos sentimos felizes e realizados quando o concretizamos.

      Mas para Patrick Davis, o sonho de se tornar um grande cineasta acaba se transformando num pesadelo.

     No romance "Você Está Sendo Vigiado", o autor Gregg Hurwitz apresenta uma trama cheia de mistérios, surpresas e grandes reviravoltas.

domingo, 13 de setembro de 2015

[Resenha] "Que Falta Você me Faz", por Harlan Coben

                
      Nos assuntos do coração, algumas pessoas não sabem lidar com a solidão e recorrem às redes sociais como um meio para encontrarem alguém que possa preencher esse vazio. Como acontece no mundo real, o mundo virtual está repleto de ameaças, onde pessoas mal intencionadas se aproveitam da vulnerabilidade de outras para cometerem diversas atrocidades. Em "Que Falta Você me Faz", o autor Harlan Coben retrata esse assunto com bastante sensibilidade e realismo.

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

[Sinopse] "Reza a Lenda", por Homero Olivetto


     Com estreia prevista para janeiro de 2016, o filme "Reza a Lenda" promete muitas cenas de ação no sertão nordestino. A direção é de Homero Olivetto, em seu primeiro longa.

       Cauã Reymond, Sophie Charlotte, Humberto Martins e Jesuíta Barbosa são alguns nomes do elenco. Confira a sinopse e o teaser:

terça-feira, 1 de setembro de 2015

DVD da novela "Rainha da Sucata" chega às lojas

      Ela transformou sucata em dinheiro e comprou o amor de sua vida.

     "Rainha da Sucata" foi um grande sucesso do início da década de 90, escrita por Silvio de Abreu e dirigida por Jorge Fernando.

      Sempre tive muita curiosidade em assistir a essa novela e, por ser tão lembrada e elogiada pelas pessoas, acabei criando muitas expectativas em relação a ela. Mas na sua reprise no Viva percebi que não era bem o que eu imaginava. Talvez porque eu não seja muito fã do estilo de Silvio de Abreu, mas de qualquer forma valeu a pena ver Regina Duarte em uma personagem tão marcante como a Maria do Carmo.

     Nesses 25 anos, a novela protagonizada por Regina Duarte e Tony Ramos já foi reapresentada no Vale a Pena Ver de Novo, em 1994 e também no Canal Viva, em 2013.

     Agora, é a vez de "Rainha da Sucata" ir para a sua casa, num box com 12 DVD's.





Sinopse


      Ambientada em São Paulo, a trama de Rainha da Sucata retrata o universo dos novos-ricos e da decadente elite paulista contrapondo duas personagens femininas, a emergente Maria do Carmo (Regina Duarte) e a socialite falida Laurinha Figueroa (Glória Menezes).

      Maria do Carmo enriquece com os negócios do pai, o vendedor de ferro-velho Onofre (Lima Duarte), e se torna uma bem-sucedida empresária, mas mantém os hábitos de seu passado humilde. Ela mora com o pai e a mãe, Neiva (Nicette Bruno), no bairro de Santana, na zona norte de São Paulo. 

      Apaixonada por Edu Figueroa (Tony Ramos), que a desprezara e humilhara na juventude, ela decide “comprá-lo”: propõe casar-se com ele para ajudar sua família, de origem tradicional, mas à beira da falência. Edu aceita a proposta, e a emergente, após o casamento, vai morar no casarão dos Figueroa, nos Jardins, sofisticado reduto da cidade. 

      Na nova casa, Maria do Carmo passa a viver um pesadelo por causa de Laurinha, madrasta de Edu, que é obcecada pelo enteado e faz tudo para conquistá-lo, não deixando a “sucateira” em paz.